terça-feira, 19 de agosto de 2014

Sindnotícias

SINDSAÚDE-RN ESTADUAL PUBLICA NOVO BOLETIM DE NOTÍCIAS

Nova edição do Sindnotícias traz uma notinha sobre a eleição para a nova diretoria do núcleo do Sindsaúde em São Gonçalo

A eleição da nova diretoria do Sindsaúde, núcleo de São Gonçalo do Amarante, foi destaque na edição de agosto do Sindnotícias, jornal do Sindsaúde-RN estadual que foi lançado nesta segunda-feira (18).

Como matéria principal, o Sindnotícias traz os números da crise da saúde no governo Rosalba. A publicação também traz a luta dos servidores de Natal pela devolução dos descontos e contra a reposição dos dias de greve. Para ler, basta folhear abaixo.

Se preferir, você também pode ler a versão impressa do boletim, que já está disponível na sede do Sindsaúde (Av. Rio Branco, 874, Cidade Alta) e logo estará disponível também em nossa sede, no centro de São Gonçalo do Amarante (Rua Coronel Estevam Moura, 287). Venha buscar o seu e acompanhe de perto a luta dos servidores!


Aposentadoria

MAIS UMA VEZ, PREFEITURA DE SÃO GONÇALO ESTÁ DIFICULTANDO APOSENTADORIA DOS SERVIDORES


Mais uma vez a prefeitura municipal de São Gonçalo do Amarante está dificultando a aposentadoria de seus servidores, negando direitos que já deveriam ter sido concedidos, como quinquênios vencidos.

Atualmente, uma servidora de 70 anos, com mais de 35 anos de serviço, está lutando para que a prefeitura libere os dois quinquênios pendentes a que ela tem direito. No contracheque dela constam apenas 4 quinquênios. Se ela se aposentar sem esses dois quinquênios que faltam, haverá uma perda de R$ 80 Reais em sua aposentadoria, que já será pouca. Para ela, esse valor faz toda a diferença.

A presidência do IPREV já preparou a portaria para a aposentadoria dela, com todas as vantagens, mas só está faltando a autorização para a liberação desses dois quinquênios. A prefeitura vem se negando a assinar a autorização e por isso será necessário entrar na Justiça para que ela se aposente com todos os benefícios de que têm direito após tantas décadas de trabalho e dedicação ao município.


Notas rápidas

NOTAS AOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE

Neste ano, o Sindicato dos trabalhadores em Educação (Sinte-RN), núcleo de São Gonçalo do Amarante, está se preparando para celebrar o Dia da Independência no Brasil (7 de setembro) de um jeito especial. Mais informações em breve. Aguardem.

O Sinte-RN, núcleo de São Gonçalo do Amarante ainda aguarda a decisão judicial sobre a insalubridade do pessoal de apoio das escolas. No dia 8 de julho, houve audiência com a Promotoria do Município, a diretoria do sindicato e alguns servidores da educação e representantes da Prefeitura. O governo municipal insiste em negar a insalubridade aos servidores, dizendo que eles não têm direito. De qualquer maneira, ficou acertado na audiência que um perito irá percorrer as escolas de São Gonçalo e preparar um laudo informando se os servidores têm direito ou não à insalubridade. Estamos no aguardo e atentos a qualquer novidade.


Em julho, os servidores da educação vivenciaram outra consequência ruim da realização da Copa do Mundo no Brasil (e em Natal). Devido ao período dos jogos, a Prefeitura de São Gonçalo acabou dando 30 dias de recesso aos servidores, férias que se encerraram no dia 14 de julho. Com isso, porém, houve desconto de nove dias no salário de quem recebe dupla jornada, pois as duplas jornadas não fazem parte do salário base dos servidores. Dessa forma, o governo municipal acabou prejudicando os servidores, que não pediram pelos 30 dias de férias e, no fim das contas, ficaram no prejuízo. As duplas jornadas nada mais são do que medidas paliativas do governo, que deveriam ser substituídas pela convocação dos concursados e pelo real reajuste das remunerações dos servidores.

Audiência na Secretaria de Educação

SINTE-RN DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE TERÁ AUDIÊNCIA COM SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO NESTA QUARTA (20)

Sindicato irá discutir 1/3 da carga horária, 1/6 de férias, reposição de descontos da paralisação do dia 16 de abril e reposição dos professores grevistas do Vicente

Nesta quarta-feira, 20 de agosto, às 7h, na Secretaria Municipal de Educação, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte-RN), núcleo de São Gonçalo do Amarante, tem uma audiência marcada com o secretário Abel Neto (PT) para discutir pontos pendentes da pauta da última greve, suspensa em abril deste ano.

Entre os tópicos, o sindicato irá discutir a implantação do 1/3 da carga horária nas escolas, que não está ocorrendo como deveria, levando muitas escolas a fazer a implantação de forma autônoma. Sem os chamados “professores volantes” para fazer a substituição daqueles professores que estão em horário planejamento de aulas, os alunos estão voltando para casa, sem aulas. Mais uma vez a prefeitura municipal prejudica os estudantes e a população, por não cumprir as leis.

O encontro também irá tratar do 1/6 de férias, que deveria ter sido pago ainda em junho deste ano. Mas como em junho foi feito o pagamento de 50% do 13º salário, o pagamento do 1/6 de férias ficou para agosto. Esse foi o acordo feito com o então secretário de administração, Miguel Teixeira, que está afastado agora por causa das eleições. Por isso, o assunto será discutido com Abel Neto (PT).

O sindicato também irá aproveitar para cobrar a reposição dos servidores que tiveram descontos por causa da paralisação do dia 16 de abril. A paralisação é um instrumento de luta legal dos servidores, estabelecido oficialmente em assembleia dos trabalhadores e deve ser respeitada! Os descontos foram indevidos e precisam ser repostos!


Outra questão que o sindicato levará ao secretário é a vivida pelos professores da Escola Municipal Vicente França Monte que participaram da última greve. A diretoria da escola está cobrando reposição desses professores, porém, durante o período de greve, eles foram substituídos por outros professores enviados pela secretaria, o que por si só já fere o direito de greve dos servidores. Portanto, como os alunos não ficaram sem aulas, os professores que participaram da greve no Vicente não estão devendo aula nenhuma! Isso será defendido nesta quarta-feira pelo sindicato.

1/3 da Carga Horária

SEM AVANÇO PELA PREFEITURA, 1/3 DA CARGA HORÁRIA COMEÇA A SER IMPLANTADO POR CONTA PRÓPRIA PELAS ESCOLAS DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE


Mesmo após meses do final da última greve dos servidores da educação de São Gonçalo do Amarante (entre fevereiro e abril de 2014), a Prefeitura ainda não implantou o 1/3 da carga horária fora da sala de aula em todas as escolas. Poucas são as escolas que já contam com os chamados “professores volantes”, que têm o papel de substituir os demais professores durante o período de planejamento de aulas, um direito conquistado por todos os professores.

Escolas como a Coteminas já contam com o 1/3 da carga horária, assim como a Escola Municipal Maria da Cruz já está implantando a nova metodologia. Mas essa ainda não é a realidade da maioria das escolas, que resolveram implantar o 1/3 por conta própria, à revelia da Prefeitura, como é o caso do Centro Educacional Ironaldo Guedes Alconforado e da Escola Municipal José Horácio de Góis.

Nessas escolas onde ainda não chegaram os professores volantes, os alunos estão voltando para casa nos dias escolhidos para o planejamento dos professores.

Para piorar a situação, nas escolas onde o 1/3 da carga horária já foi implantado, verificou-se que os professores volantes não têm a formação adequada para assumir a função. As aulas deveriam ser de matérias complementares, como Educação Física, Artes ou Línguas Estrangeiras, um direito dos alunos, mas os professores volantes que estão chegando às escolas não são formados nessas áreas específicas, mostrando mais uma vez o descompromisso da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Educação.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte-RN), núcleo de São Gonçalo do Amarante, entregou um documento à Promotoria Pública, denunciando essa situação e entrou com uma ação para que a situação dos professores concursados que ainda esperam pela convocação seja regularizada! Afinal de contas, são os concursados que deveriam estar ocupando as vagas extras das escolas e não as duplas jornadas ou os professores contratados. No momento, o sindicato aguarda a decisão do juiz sobre o caso.


O Sinte-RN de São Gonçalo também irá se reunir com o secretário municipal de Educação, Abel Neto (PT), para discutir a situação (entre outros temas). O encontro será amanhã, dia 20 de agosto, às 7h, na Secretaria de Educação de São Gonçalo.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

5º Arraiá dos Arretados

NOITE DE ARRAIÁ ANIMA SÁBADO DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO E DA SAÚDE DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE

Tradicional festa junina do Sinte e Sindsaúde de São Gonçalo contou com muito forró pé de serra, quadrilha, sorteio de balaios e posse da nova diretoria do Sindsaúde


No sábado passado (2), o Sinte e o Sindsaúde, núcleos de São Gonçalo do Amarante, viveram uma noite de muita alegria durante o 5º Arraiá dos Arretados, tradicional festa junina promovida em conjunto pelos dois sindicatos. Apesar de, neste ano, ter ocorrido fora de época, não faltou animação para os sócios e convidados que compareceram ao espaço cultural do Restaurante Kaçuá, em Santo Antônio.

Teve muita comida típica, churrasquinho, bebidas a preço de custo e muito forró pé de serra, sem falar na quadrilha, que tirou todo mundo da cadeira.

Os sindicatos também fizeram o sorteio de dois balaios de São João, um para os servidores da saúde e outro para os servidores da educação de São Gonçalo.

Na ocasião, o Sindsaúde de São Gonçalo também aproveitou a oportunidade para celebrar a posse da nova diretoria do sindicato, eleita democraticamente em junho passado. Os novos diretores agradeceram a confiança da categoria e reafirmaram que não pouparão esforços para manter a luta, independente dos governos. Vivaldo Júnior, diretor reeleito, afirmou que “a chegada de novas meninas na diretoria é importante, pois elas representam a renovação necessária do sindicato”.

Já o companheiro José Jairan, diretor do Sinte de São Gonçalo, lembrou que o atraso na festa junina se deu principalmente pelo momento conturbado de Copa do Mundo vivido em junho e que a educação é uma categoria de lutadores, guerreira e que precisa de momentos de descontração como esses. O companheiro ainda reforçou a importância da categoria se preparar para as lutas do segundo semestre, que começa agora.


O Sinte e o Sindsaúde, núcleos de São Gonçalo do Amarante, agradecem a presença de todas e todos e espera todo mundo de novo em 2015, para mais um arraiá arretado!

Confira as fotos do Arraiá: