terça-feira, 15 de abril de 2014

Assembleia da Educação

Nesta quarta-feira (16), os servidores da educação farão um dia de paralisação e uma assembleia no turno da noite! Pela manhã, não deixem de participar da audiência pública na Câmara Municipal sobre o PCCS dos servidores públicos de São Gonçalo do Amarante. A audiência será às 9h e todos os servidores estão convidados, inclusive os da saúde. Logo após o compromisso na Câmara, todos os servidores farão uma grande caminhada até a prefeitura para cobrar do governo a implantação do PCCS. Não faltem!


quinta-feira, 10 de abril de 2014

Paralisação e Caminhada


Assembleia da Saúde

SERVIDORES DA SAÚDE DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE APROVAM COMISSÃO ELEITORAL PARA ELEIÇÃO DO NÚCLEO DO SINDSAÚDE-RN

Categoria também aprovou participação na audiência pública que discutirá a implantação do PCCS


Na manhã desta quinta-feira (10), os servidores municipais da saúde de São Gonçalo do Amarante realizaram uma assembleia para formar a comissão eleitoral para a eleição da núcleo do Sindsaúde-RN de São Gonçalo. Eles também discutiram como será a atuação dos servidores na audiência pública convocada pela Câmara Municipal para o dia 16 de abril, que abordará o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) de todos os servidores municipais. Além dessas questões, os servidores também apontaram para outros problemas vividos nas unidades de saúde, como a falta de condições de trabalho e o assédio moral.

A assembleia aprovou três nomes para a comissão eleitoral. Dois deles, José Jairan e Cristiane Nunes, fazem parte da direção do Sinte-RN núcleo de São Gonçalo, já que o estatuto do Sindsaúde-RN permite que dirigentes de outros sindicatos componham a comissão eleitoral da entidade. O terceiro membro da comissão será Edmar Teixeira, Agente Comunitário de Saúde de São Gonçalo.

O edital de convocação da eleição será publicado amanhã (11) n’O Jornal de Hoje e os interessados terão até o dia 10 de maio para inscrever suas chapas. A eleição acontecerá nos dias 10 e 11 de junho, com uma urna fixa na sede do Sindsaúde-RN de São Gonçalo (Centro) e outras urnas itinerantes, que percorrerão as unidades de saúde do município.

Sobre a audiência pública do dia 16, os servidores aprovaram uma grande caminhada até a prefeitura após o encontro com os vereadores, em união com outras categorias, para cobrar do governo municipal a implantação do PCCS dos servidores. Na Câmara, os servidores pedirão o apoio dos vereadores. A audiência acontece às 9h e o sindicato convida todos os servidores municipais de São Gonçalo a participar.

Os servidores ainda se queixaram da falta de condições de trabalho e do assédio moral vivido diariamente nas unidades. As investidas das direções e da Secretaria Municipal de Saúde amedrontam os trabalhadores e os colocam em posição de vulnerabilidade. A diretora do Sindsaúde-RN, Fátima Silva, afirma que “tem gente trabalhando por 5 profissionais, com medo de a qualquer momento serem remanejadas sem nenhum aviso”. Outra servidora reclama das constantes “cotas” que os trabalhadores precisam fazer nas unidades até para comprar água. “Não nos dão condições de trabalho e até água para beber precisamos comprar do nosso dinheiro, assim como gás e utensílios de cozinha. Isso não é papel nosso”, reclamou.


O Sindsaúde-RN núcleo de São Gonçalo orienta os servidores a não se deixar intimidar por ameaças e a não se tornarem coniventes com essas práticas dentro das unidades. A denúncia e o fortalecimento na luta dos trabalhadores são os melhores caminhos.

Confira mais fotos da assembleia:




Abaixo segue o edital que será publicado amanhã n'O Jornal de Hoje:

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DAS ELEIÇÕES DO NÚCLEO DO SINDSAÚDE NO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE

Através deste edital, ficam convocadas as eleições para a formação da diretoria do Núcleo Municipal do Sindsaúde em São Gonçalo do Amarante (RN) para o triênio de 2014 a 2017, que realizar-se-á nos dias 10 e 11 de Junho de 2014, no horário das 7h30 às 17h.

O prazo para registro das chapas será a partir da data de publicação deste edital até o dia 12 de maio de 2014. As inscrições deverão ser feitas na sede do Núcleo Municipal do Sindsaúde de São Gonçalo do Amarante, na Av. Cel. Estevam, nº278-B, casa 04, Centro, no horário das 8h às 12h.

Haverá 01 urna fixa na sede do Núcleo do Sindsaúde e 05 urnas volantes que percorrerão os locais de trabalho nos turnos da manhã e da tarde. O roteiro das urnas será fixado nos locais de trabalho pela Comissão Eleitoral.

São Gonçalo do Amarante (RN), 10 de abril de 2014.

Maria Cristiane Venceslau Nunes
Presidente da Comissão Eleitoral.

sábado, 5 de abril de 2014

Prestação de Contas

SINDSAÚDE-RN NÚCLEO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE DIVULGA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE JANEIRO E FEVEREIRO DE 2014. CONFIRA:



Greve Suspensa

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE SUSPENDEM GREVE DE 57 DIAS

A luta continua: categoria aprovou vários encaminhamentos de luta para as próximas semanas


Prestes a completar 2 meses, a greve dos servidores da educação de São Gonçalo do Amarante foi suspensa nesta sexta-feira, 4 de abril, durante assembleia da categoria. Foram 57 dias de muita luta pelos direitos que nos são negados por um governo municipal truculento e perseguidor e que, sem nenhum escrúpulo, desrespeita os trabalhadores.

No dia 2 de abril, o Sinte-RN núcleo de São Gonçalo do Amarante se reuniu mais uma vez com a comissão de negociação, composta pelo presidente da Câmara Municipal, Geraldo Veríssimo; pelo Ministério Público Estadual (MPE); pelo Chefe de Gabinete, João Eider e pelo secretário de administração, Miguel Teixeira, para que a prefeitura finalmente pudesse apresentar sua proposta, principalmente sobre a correção salarial dos servidores de nível superior, referente aos anos de 2010, 2011 e 2012.

Porém, na audiência, os servidores souberam que a Promotora de Justiça havia se encontrado com o prefeito Jaime Calado para discutir a situação dos servidores. O chefe do executivo municipal se mostrou novamente contra a correção salarial e foi enfático ao afirmar que não irá conceder o reajuste, pois ele entende que já paga o piso salarial e que os professores de nível médio estão em extinção. Sendo assim, logo não haveria diferença.

Entretanto, nós servidores sabemos que isso não é verdade, que a prefeitura não paga o piso salarial e que essa recusa do prefeito apenas desvaloriza os servidores, nivelando a categoria por baixo, quando iguala os trabalhadores de nível superior aos de nível médio, utilizando-se de um argumento pobre.

Queremos dizer que, mesmo sem o reconhecimento da dívida que a prefeitura tem com os servidores de nível superior, saímes dessa greve vitoriosos, porque os demais pontos da pauta de reinvindicação foram conquistados. E essa conquista não se deve ao prefeito Jaime Calado ou ao secretário de educação, Abel Neto (petista e ex-sindicalista que traiu a categoria e chega até a demonstrar prazer em retirar direitos dos trabalhadores). Essa conquista se deve aos bravos guerreiros, que brilhantemente lutaram e lutam todos os dias contra os absurdos na educação pública deste município.

A luta continua nas ruas, mas agora segue também para a Justiça. Nesta próxima semana, a assessoria jurídica do sindicato entrará com um Mandado de Segurança Coletivo para garantir o descongelamento das promoções horizontais e verticais e espera-se que o Juiz responsável possa dar prioridade ao processo, já que muitos dos servidores que aguardam pelas promoções já são idosos.

A assembleia que suspendeu a greve também aprovou:

1.     A continuação da campanha Não Aceite Calado, com a confecção de um outdoor, nota impressa para a população, nota sonora em carro de som e adesivos para ser utilizados pelos professores em sala de aula;
2.    Um boletim impresso contando toda a trajetória da greve, do seu início até o fim;
3.    A preparação de um dossiê sobre a situação das escolas e dos salários dos professores e funcionários;
4.    Continuação dos estudos de polo;
5.    Reunião com os representantes das escolas;
6.    Reunião com os pais, servidores e o sindicato;
7.    Atos públicos nas comunidades, com o primeiro sendo no Amarante (data e horário a serem divulgados em breve)

Por fim, a assembleia também aprovou a participação dos servidores em um grande ato público no dia 16 de abril, quando ocorrerá uma audiência pública sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos servidores de São Gonçalo. Os servidores farão uma caminhada de protesto até a prefeitura. A concentração será às 9h, na Câmara Municipal.


A greve foi suspensa, mas a luta continua, pessoal. Precisamos continuar mobilizados para mostrar a esse governo que os servidores NÃO ACEITARÃO CALADOS!

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Nota de Agradecimento


Os sindicalistas Vivaldo Júnior, diretor do Sindsaúde-RN; e Socorro Alves, diretora do Sinte-RN, ambos núcleos de São Gonçalo do Amarante, agradecem a todas as servidoras e servidores que tornaram possível a eleição desses sindicalistas de luta para o Conselho Fiscal e Administrativo do Instituto de Previdência Municipal, IPREV, que é o órgão responsável por cuidar de nossas aposentadorias.

O voto de cada um de vocês foi importantíssimo para essa vitória e só mostra mais uma vez a insatisfação dos trabalhadores com a gestão do prefeito Jaime Calado. Antes de mais nada, essa é uma vitória de todos vocês, da classe trabalhadora.

Sabendo que o futuro de todo servidor é se aposentar, devemos ter MUITO cuidado com a maneira pela qual os gestores administram o Instituto. É por isso que o IPREV precisava de fiscais que realmente representassem a classe trabalhadora. Queremos reafirmar nosso compromisso em lutar pelos interesses dos trabalhadores e dizer que faremos o nosso melhor para garantir que o IPREV trabalhe em benefício dos servidores, principalmente no que diz respeito ao direito às licenças médicas e aposentadorias.

A votação ocorreu durante todo o dia 26 de março no Auto Esporte Clube, Centro de São Gonçalo. Eram 3 vagas para representantes ativos, com 3 respectivos suplentes e mais 2 vagas para representantes inativos (aposentados e pensionistas), também com 2 suplentes. Vivaldo Júnior venceu a eleição em 1º lugar, com um total de 165 votos válidos. Já Socorro Alves ficou em 2º lugar, com 159 votos válidos.

Mais uma vez afirmamos que essa é uma vitória de todos os servidores. Parabéns a todos e obrigado aos que tornaram essa dupla vitória possível.

Na segunda-feira desta semana, 31 de março, o jornal Oficial de São Gonçalo do Amarante publicou o resultado das eleições. Confira:





terça-feira, 1 de abril de 2014

Assembleia da Greve


A GREVE continua!

“NÃO SAIREMOS DA GREVE DE MÃOS VAZIAS”, GARANTEM OS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE

Assembleia desta terça (1) aprovou a continuidade da greve, que completará 2 meses no próximo dia 6


“Enquanto não tivermos nada, não sairemos da greve!”, é o que garantiram os servidores da educação de São Gonçalo do Amarante nesta terça-feira (1), durante assembleia da categoria. Prestes a completarem 2 meses de greve, os servidores aprovaram mais uma vez a continuidade do movimento. Enquanto não houver conquistas favoráveis, os servidores não voltarão às salas de aula.

No início da assembleia, a companheira Fátima, diretora do Sinte-RN núcleo de São Gonçalo, fez um relato do andamento das negociações. Ela falou que estava marcada uma reunião de negociação nesta segunda-feira (31) com o Ministério Público Estadual (MPE) e as Secretarias Municipais de Educação e Administração e Recursos Humanos e que esse encontro foi mais uma vez adiado porque o secretário de educação, Abel Neto (PT), apresentou um relatório ao MPE revelando que a prefeitura não teria condições de repor as perdas salariais acumuladas dos servidores.

Após saber que a reunião não aconteceria, o comando de greve se dirigiu ao Ministério Público para que, junto à Promotora de Justiça, os servidores pudessem ir ao Fórum conversar com o Juiz. A Promotora entrou em contato com o Juiz, mas infelizmente ele já não se encontrava no local.

Segundo a Promotoria, a reunião não aconteceu porque o secretário Abel Neto apresentou um relatório sem um estudo completo da situação financeira do município e da secretaria e sequer enviou cópias dele para o chefe de gabinete, João Eider, e para o secretário de Administração, Miguel Teixeira. Ambos alegaram não ter recebido o relatório e não ter sido informados de que a reunião seria na segunda-feira.

Diante disso, a reunião foi remarcada para esta quarta-feira (2), às 10h, na prefeitura. Dessa vez, o Ministério Público, o Chefe de Gabinete e o secretário de Administração confirmaram presença, mesmo que o secretário Abel não compareça. Eles também se comprometeram a assinar na reunião um documento referendando todos os pontos de pauta que já avançaram. É importante que todos os servidores estejam na prefeitura a partir das 9h, para pressionar o governo!

“Está claro que essa reunião de ontem não aconteceu por causa do Abel. Ele esperava que nós fôssemos vencidos pelo cansaço e que a greve terminasse nessa assembleia de hoje. Mas a gente precisa mostrar ao governo que nós não vamos aceitar sair sem nada! A greve deve continuar”, afirmou Thalyne Medeiros, que compõe o comando de greve.

Já a companheira Mônica Bezerra chamou a atenção para os discursos desencontrados do governo e disse que a categoria precisa ficar de olho aberto e não baixar a guarda.

O Ministério Público também abriu um inquérito para analisar os contratos temporários que têm sido feitos nas escolas, para verificar se há irregularidades e se a prefeitura está mesmo colocando professores substitutos no lugar dos grevistas, o que fere o direito constitucional à greve.

ENCAMINHAMENTOS DA ASSEMBLEIA

Após a aprovação da continuidade da greve, os servidores aprovaram também uma mobilização amanhã, às 9h, em frente à prefeitura, para aguardar a reunião com a comissão de negociação. Ressaltamos a importância do comparecimento massivo da categoria.

Uma nova assembleia da greve ficou marcada para a sexta-feira (4), às 8h, no Clube dos Correios.

A assembleia aprovou também uma denúncia que será feita ao Sinte-RN Estadual contra Gidália Ferreira de Andrade, que é diretora de Organização da Educação Infantil do Sinte-RN Estadual e também professora da rede municipal de São Gonçalo, e que furou a greve de São Gonçalo. Aos invés de apoiar a luta dos servidores municipais, ela – mesmo sendo da diretoria do sindicato estadual – voltou às salas de aula.

Confira mais fotos da assembleia:












Assembleia do Sindsaúde-RN de SGA


Nota de Falecimento



É com pesar que informamos o falecimento do professor Luiz Carlos da Cruz, que atuava na rede pública de ensino de São Gonçalo do Amarante e Ceará-Mirim.

O professor foi morto na noite desta segunda-feira (31), durante um assalto nas próximidades de sua residência, no conjunto Cidade das Rosas, como informa melhor a matéria do Jornal de Hoje (Clique aqui para ler).


O corpo foi velado na Igreja Matriz de Ceará-Mirim e o enterro aconteceu às 16h30, naquele município. Durante a sessão de informes da assembleia da greve desta terça (1), os servidores da educação fizeram um minuto de silêncio em respeito e homenagem ao professor.

Assembleia Estadual


segunda-feira, 31 de março de 2014

Reajuste

PREFEITURA DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE DEIXA DE LADO A MAIORIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS E PRETENDE DAR AUMENTO SALARIAL SÓ A QUEM RECEBE ACIMA DO MÍNIMO

Governo desrespeita PCCS dos servidores, que já tem defasagem salarial de 90%

A prefeitura municipal de São Gonçalo do Amarante enviou um Projeto de Lei para a Câmara Municipal, em que dá um reajuste de 6% para os servidores municipais efetivos que recebem acima de um salário mínimo. Se aprovada a lei, esse reajuste começará a valer a partir de julho.

O problema é que esse Projeto de Lei deixa de fora a maioria dos servidores, que são justamente aqueles que recebem até um salário mínimo. Além disso, o Projeto corre por fora, desrespeitando o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos Servidores, que já sofre uma defasagem salarial de 90%.

Os Sindicatos dos Servidores em Saúde (Sindsaúde-RN) e Educação (Sinte-RN), núcleos de São Gonçalo do Amarante, defendem o reajuste para todos os servidores efetivos, mas dentro do PCCS dos servidores e não por fora, como a prefeitura quer fazer.

Defendemos o reajuste para todos, inclusive para os que recebem até um salário mínimo e queremos que o prefeito cumpra a lei e valorize o plano de carreira dos servidores. Da forma como a prefeitura quer fazer, os servidores serão completamente desvalorizados e, na hora de se aposentar, servidores como agentes de saúde, garis, ASGs, merendeiros e vigias se aposentarão com apenas um salário mínimo.


Não podemos permitir isso! Vamos nos fortalecer e lutar pelo PCCS dos servidores!

Assembleia da Greve



Nesta segunda-feira (31), os servidores da educação de São Gonçalo do Amarante, a poucos dias de completarem 2 meses de greve, têm um novo encontro com o secretário municipal de Educação, Abel Neto (PT), e com a Promotora de Justiça, para tentar chegar a uma negociação favorável sobre a greve.

Portanto, não deixem de comparecer à assembleia geral desta terça (1), quando passaremos todos os informes a vocês e tomaremos nossa decisão sobre os rumos da greve.

quarta-feira, 26 de março de 2014

Eleição vitoriosa



Os sindicalistas Vivaldo Júnior, diretor do Sindsaúde-RN; e Socorro Alves, diretora do Sinte-RN, ambos núcleos de São Gonçalo do Amarante, venceram a eleição para o Conselho Fiscal e Administrativo do Instituto de Previdência Municipal, IPREV.

A votação ocorreu hoje (26), durante todo o dia, no Auto Esporte Clube, Centro de São Gonçalo. Eram 3 vagas para representantes ativos, com 3 respectivos suplentes e mais 2 vagas para representantes inativos (aposentados e pensionistas), também com 2 suplentes. Vivaldo Júnior venceu a eleição em 1º lugar, com um total de 165 votos válidos. Já Socorro Alves ficou em 2º lugar, com 159 votos válidos.

Essa é uma vitória de todos os servidores, que votaram em verdadeiros representantes da classe trabalhadora. Parabéns a todos e obrigado aos que tornaram essa dupla vitória possível.


O resultado oficial deve ser publicado em breve no jornal Oficial do Município e repassaremos a vocês as informações oficiais assim que elas forem divulgadas.

Nota de Falecimento


É com pesar e tristeza que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte-RN), núcleo de São Gonçalo do Amarante, comunica o falecimento de Jefferson de Sousa, filho da professora Maria da Paz de Sousa, nossa colega da Escola Municipal Dom Joaquim de Almeida.

Jefferson morreu na manhã desta quarta-feira (26), vítima de infecção generalizada. Ele encontrava-se internado há 2 meses no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, devido a um tumor no cérebro.

O corpo está sendo velado na Central de Velórios e Funerária Sempre da Zona Note, próximo ao Carrefour. O corpo será enterrado às 9h desta quinta-feira (27), em Extremoz.


O Sinte-RN de São Gonçalo presta solidariedade à colega e sua família e pede para que a categoria, neste momento de extrema dor, compareça ao enterro para dar força à nossa colega Da Paz.